Contra marcha – Normativa e legalidade

O regulamento geral de crianças não faz referência à idade mínima para as crianças viajarem no sentido da marcha, por outro lado, dizem apenas que as crianças, com menos de 135cm de altura, devem viajar num Sistema de Retenção Infantil adequado.
Acrescentam que os SRI devem ser instalados de acordo com as informações dos fabricantes.

A norma ECE R44 permite homologar cadeiras no sentido da marcha a partir dos 9kg, grupo 1, sem idade mínima. Isto pode ser uma simples criança de 6 meses, sem controlo do pescoço. Por outro lado, encontramos na mesma homologação, SRI que permitem contra marcha até aos 13kg, 18kg ou 25kg.

A ECE R129, I-size, que é aprovada por fases, quer evitar que as crianças viajem no sentido da marcha prematuramente, pelo que estabeleceu uma idade mínima para essa transição, fixando-se nos 15 meses.
Actualmente, podemos encontrar na mesma norma, SRI homologados para viagens em contra marcha até aos 105cm, aproximadamente os 4 anos.

Como actualmente ambas as homologações estão em vigor, legalmente, podemos transportar crianças de 9kg no sentido da marcha.
Porém, legal não significa que seja seguro!
Apesar da normativa R44 permitir a homologação de cadeiras no sentido da marcha a partir dos 9kg, sabe-se que é extremamente perigoso que as crianças viajem no sentido da marcha. As mais novas recomendações são viagens no sentido contrário à marcha o maior período de tempo possível, estando o mínimo nos 2 anos.

As crianças não são como os adultos. As proporções do corpo, nomeadamente o desenvolvimento muscular, ossos e até ligamentos são diferentes, e relacionam-se com a idade e não com o peso.
Ao nascerem, a cabeça representa 25% do peso, enquanto num adulto ronda os 6%.
Numa criança, uma lesão na cabeça implica quase sempre uma lesão cerebral, já que as crianças são mais frágeis

Num recém nascido, as vertebras estão compostas por porções de ossos unidos por cartilagem, sendo o esqueleto mole. Pouco a pouco, a cartilagem transforma-se em osso durante os primeiros 3 anos, mas o endurecimento completo, só se concluí na puberdade.

E em caso de acidente?

Os acidentes mais comuns são os frontais, e são também os que podem causam mais lesões às crianças, o que torna fundamental saber o que acontece em caso de acidente.

Olhando à física, num acidente frontal, o mais seguro para a criança é viajar em contra marcha, já que as forças de impacto são enviadas para a parte frontal do SRI, onde estão as costas da criança, o resto propaga-se de igual forma entre cabeça, pescoço e tronco.
Quando as forças são expandidas para uma zona maior, existe menos energia para se sofrer uma lesão numa zona especifica.

Se a cadeira circular no sentido da marcha, chegará mais energia ao corpo da criança, nomeadamente à cabeça e ao pescoço.
As forças exercerão pressão no arnês, o que criará mais energia exercida numa única área.
Este ponto aumenta em muito a probabilidade da criança sofrer uma lesão.

A Suécia foi o 1º país a introduzir a contra marcha, por volta de 1960 e as estatísticas de acidentes mostram os benefícios de viajar deste modo.

Estudos realizados pela seguradora Folksam, sueca, mostram que o risco de morte ou lesão grave é 5x maior quando a criança é transportada no sentido da marcha.

A maioria dos pais considera estes Sistemas de Retenção Infantil desadequados para os seus filhos, porque as pernas não cabem, no entanto, não existe um problema na comodidade nem na segurança.
Por outro lado, também não existem registos de lesões nas pernas quando transportados em contra marcha, mas no caso de existirem, não seria tão grave como lesões cervicais ou mortes, o que acontece nas viagens no sentido da marcha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.